Topo
Mindfulness Para o Dia a Dia

Mindfulness Para o Dia a Dia

Categorias

Histórico

Combinar meditação com exercício físico melhora a saúde do cérebro

Marcelo Demarzo

21/11/2018 04h00

Crédito: iStock

Já é bem conhecido que uma forma eficaz de levar os benefícios da meditação e de mindfulness para nosso dia a dia é através da atividade física, ou seja, praticando exercícios com atenção plena ou consciência nas sensações corporais e nos movimentos em si. Assim, o próprio exercício físico vira uma forma de "meditação".

Alguns estudos já demonstraram que isso é possível, ou seja, que os exercícios físicos regulares também melhoram os níveis de mindfulness desde que feitos com atenção plena (evitando-se as distrações durante o exercício, como por exemplo, ler ou conversar), melhorando, além do condicionamento físico, a concentração e a saúde mental.

A novidade é que nos últimos anos também tem sido testado cientificamente a inclusão de meditação e exercício na mesma sessão, combinando na sequência de um mesmo treinamento, práticas de meditação do tipo mindfulness (conheça algumas técnicas de mindfulness clicando aqui) e exercícios físicos aeróbios. Em geral, começa-se com 30 minutos de meditação, e se finaliza com mais 30 minutos de atividade física de intensidade moderada, num treino de 1 hora no total.

Os resultados são muito positivos, inclusive para o cérebro: melhora da aptidão física, menos sintomas de ansiedade e depressão, menos ruminação mental (aqueles pensamentos repetitivos e autodepreciativos), melhor manejo de traumas psicológicos, e respostas neuropsicológicas mais saudáveis (medidas por testes objetivos). O interessante é que esses resultados foram superiores quando comparados com praticar apenas meditação ou apenas atividade física.

Assim, da próxima vez que praticar exercícios ou esportes, lembre-se da possibilidade de levar mindfulness às essas atividades, ou melhor, de praticar as duas coisas de forma integrada, ampliando seus resultados.

Vamos praticar?

CONVITE: Apoie a implementação de "Mindfulness (Atenção Plena) como Política Pública na Saúde e Educação" no Brasil. Clique aqui e apoie essa ideia legislativa para ser debatida pelo Senado Brasileiro.

Referências:

– Mindfulness may both moderate and mediate the effect of physical fitness on cardiovascular responses to stress: a speculative hypothesis. Acessível em https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24723891

– MAP training: combining meditation and aerobic exercise reduces depression and rumination while enhancing synchronized brain activity. Acessível em https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26836414

Para saber mais:

www.mindfulnessbrasil.com (Mente Aberta – Centro Brasileiro de Mindfulness e Promoção da Saúde – UNIFESP)

www.goamra.org (American Mindfulness Research Association, Estados Unidos, informações em inglês)

www.umassmed.edu/cfm (Centro de Meditação "Mindfulness" na Medicina, Universidade de Massachusetts, Estados Unidos, informações em inglês)

Sobre o autor

Marcelo Demarzo é médico especialista em mindfulness (atenção plena), professor e pesquisador na área de medicina, saúde e bem-estar. Ministra cursos e palestras sobre estilo de vida mindful, bem-estar e saúde --expertise desenvolvida em 15 anos como professor e pesquisador em vários hospitais e universidades brasileiras (UNIFESP, USP, Hospital Israelita Albert Einstein) e internacionais (Universidade de Oxford, Universidade de Zaragoza, Harvard University). É autor de livros e estudos científicos relacionados ao tema de mindfulness e qualidade de vida e realiza dezenas de atendimentos individuais e em grupo para disseminar o conceito de mindful living (viver pleno e consciente). É coordenador da Especialização em Mindfulness da UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo).

Sobre o blog

Dicas e reportagens sobre saúde e qualidade de vida, com foco em mindfulness e bem-estar. Um espaço interativo para conversarmos sobre como desenvolver um estilo de vida mais mindful (pleno e consciente), que irá ajudá-lo a lidar melhor com o estresse, algo tão comum na nossa vida atual.