Topo
Mindfulness Para o Dia a Dia

Mindfulness Para o Dia a Dia

Categorias

Histórico

Como lidar com emoções difíceis usando as técnicas de atenção plena?

Marcelo Demarzo

16/10/2019 04h00

Crédito: iStock

Os treinamentos e terapias baseadas em mindfulness (atenção plena), em especial as práticas mais curtas para uso no dia a dia, podem nos ajudar a lidar melhor com emoções difíceis em situações desafiadoras

É relativamente comum nos depararmos com situações que nos deixem nervosos, sentindo-nos "ameaçados" ou com sentimento de perda de controle, gerando emoções difíceis de lidar como a raiva ou o medo excessivo.

Nessas situações, é comum também agirmos de maneira muito reativa e impulsiva, e, em geral, pouco eficiente, piorando o mal-estar de forma desnecessária.

É possível usar mindfulness (atenção plena — conheça mais sobre mindfulness) nessas situações, em especial se já estivermos praticando essa técnica regularmente.

A essência do processo é estar mais consciente do próprio estado mental e emocional durante essas situações, discriminando o que estamos sentindo para que possamos, então, reavaliar e regular as emoções.

Assim, poderemos responder de maneira menos reativa e mais eficiente. Isso é simples de falar, mas difícil de fazer e, por isso, exige de nós um treinamento regular.

Um exemplo do dia a dia: chegamos no trabalho pela manhã e temos uma conversa difícil com um colega. Frequentemente levamos a emoção negativa daquela conversa para o resto do dia e vamos embora carregando esse sentimento, mas sem nos darmos conta dele.

Uma vez em casa, temos uma discussão desafiadora como nosso cônjuge, que nos sugere que precisamos melhorar em determinado aspecto. A consequência comum é ficarmos muito nervosos, e acabamos entrando numa discussão em voz alta, com acusações verbais sobre a falta de compreensão etc.

Nessa situação bastante comum na vida de qualquer pessoa, podemos ver a relação entre uma emoção negativa gerada num contexto prévio (conversa difícil) com a reatividade excessiva a uma outra situação vivenciada naquele exato momento (discussão), levando a um nervosismo exacerbado e à uma emoção difícil.

Se pudéssemos estar mais conscientes dessas emoções e estados mentais, talvez a resposta ao cônjuge teria sido outra, mais curiosa e gentil, mais efetiva e produtiva e menos agressiva.

As técnicas de mindfulness são uma ferramenta útil nessas situações, tanto para nos prepararmos previamente para enfrentá-las (conheça 3 técnicas para a prática regular de atenção plena), quanto para usarmos durante essas situações.

Então, uma maneira de usarmos mindfulness durante essas situações de emoções difíceis, além da prática regular prévia, é fazer uma pequena pausa ou espaço de consciência durante esses momentos desafiadores, usando a técnica de 3 passos ou 3 minutos de mindfulness.

Essa pequena pausa, que também pode se resumir a prestar a atenção em algumas poucas respirações, permitirá que percebamos em nosso corpo, por meio de sensações e sentimentos, o tipo de estado mental e emocional que trazemos de nossas experiências imediatamente anteriores.

Podemos perceber, inclusive, contextos pessoais de longo prazo, como por exemplo uma tendência a ter uma visão negativa dos eventos de vida.

A partir dessa pequena pausa, poderemos perceber como esses contextos influenciam diretamente nossa experiência naquele momento específico de nervosismo, permitindo a melhor regulação da emoção e dos impulsos que surgirem, usando basicamente o "termômetro" do corpo.

Isso permitirá também perceber o que aquela situação específica está nos causando naquele exato momento, podendo vivenciá-la no modo "mindful", menos reativo e mais eficiente.

Vamos praticar?

Mande sua pergunta: Se você tem alguma dúvida ou curiosidade sobre mindfulness, atenção plena, ou neurociência do comportamento, por favor me escreva que terei prazer em abordar seu tema em textos futuros: demarzo@unifesp.br

Referência

Demarzo & Garcia-Campayo. Manual Prático de Mindfulness: curiosidade e aceitação. Editora Palas Athena, 2015.

Para Saber Mais Sobre Mindfulness

www.mindfulnessbrasil.com (Mente Aberta – Centro Brasileiro de Mindfulness e Promoção da Saúde – UNIFESP)

www.webmindfulness.com (WebMindfulness – Grupo de Pesquisa Coordenado pelo Prof. Javier García-Campayo – Universidad de Zaragoza, informações em espanhol)

www.umassmed.edu/cfm (Centro de Meditação "Mindfulness" na Medicina, Universidade de Massachusetts, Estados Unidos, informações em inglês)

 

Sobre o autor

Marcelo Demarzo é médico especialista em mindfulness (atenção plena), professor e pesquisador na área de medicina, saúde e bem-estar. Ministra cursos e palestras sobre estilo de vida mindful, bem-estar e saúde --expertise desenvolvida em 15 anos como professor e pesquisador em vários hospitais e universidades brasileiras (UNIFESP, USP, Hospital Israelita Albert Einstein) e internacionais (Universidade de Oxford, Universidade de Zaragoza, Harvard University). É autor de livros e estudos científicos relacionados ao tema de mindfulness e qualidade de vida e realiza dezenas de atendimentos individuais e em grupo para disseminar o conceito de mindful living (viver pleno e consciente). É coordenador da Especialização em Mindfulness da UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo).

Sobre o blog

Dicas e reportagens sobre saúde e qualidade de vida, com foco em mindfulness e bem-estar. Um espaço interativo para conversarmos sobre como desenvolver um estilo de vida mais mindful (pleno e consciente), que irá ajudá-lo a lidar melhor com o estresse, algo tão comum na nossa vida atual.

Mindfulness Para o Dia a Dia