PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Categorias

Mindfulness e a jornada transformadora no Aconcágua, o teto das Américas

Marcelo Demarzo

12/02/2020 09h40

iStock

Por Andrea Garanovscki de Paula e Ricardo Santucci*

A experiência com mindfulness em nossa Expedição Aconcágua mostrou o quanto é importante o autoconhecimento e a aplicação das práticas para obter melhorias de desempenho, reduzir as situações de estresse e viabilizar o atingimento dos objetivos.

Somos atletas amadores praticantes de corrida de montanha (trail running) e montanhismo de altitude (montanhas acima de 5.000 m) e as provas e expedições nos expõem a situações físicas e mentais extremas seja pela longa duração, incertezas sobre clima e terreno e ainda pelos efeitos da altitude em nosso corpo e o esforço físico que vão sempre além dos limites.

Esses e outros fatores geram, ao longo da jornada, ansiedade e pensamentos negativos como "o que estou fazendo aqui", "isso não é para mim", "não estou preparado".

Somado a isso, as situações de discordância entre nós e estresse com outros membros da expedição podem trazer desgastes emocionais e físicos, impactando os resultados desejados.

Expedição Aconcágua: mindfulness como uma das bases de preparação

Como estratégia para o nosso desafio na Expedição Aconcágua, além da preparação física, nutricional e médica, buscamos também o preparo psicológico e mental através do Programa de Redução do Estresse baseado em Mindfulness, com o Dr. Marcelo Demarzo, em 8 semanas de aprendizado e vivência das práticas.

Podemos dizer que foram semanas transformadoras e nos conscientizamos que mindfulness não é só para a montanha, mas para todas as situações da vida: relacionamentos, trabalho, escola e todas as outras vividas por nós neste mundo conturbado e complexo.

As experiências na jornada transformadora

Durante a expedição, pudemos comprovar quão acertada foi a nossa decisão de incluir mindfulness em nossa preparação, pois as situações extremas foram aparecendo e as tratamos de forma mais natural eliminando/reduzindo os possíveis atritos.

Como em outras expedições, o sistema gastrointestinal do Ricardo voltou a sofrer sendo que, desta vez, os pensamentos negativos como "isso sempre acontece comigo" foram substituídos pela mente de principiante, onde você encara uma situação como se fosse a primeira vez e, com isso, pode encontrar novas soluções para o problema. Fundamental foi também a presença e apoio da Andrea contribuindo para tornar a situação mais leve.

Em geral, as condições pouco favoráveis de uma expedição como ficar sem banho, dormir em barraca apertada e banheiros pouco adequados podem gerar alguns atritos entre um casal que fica 100% do tempo junto. Entretanto, diferente disso, a atenção plena nos possibilitou uma convivência harmoniosa e também com outros membros da expedição, e situações comuns de estresse foram superadas com maior tranquilidade.

A redução da ansiedade que acontece nas noites que antecedem a subida aos campos de altitude foi outro benefício do mindfulness que pudemos sentir durante a expedição. Dormir melhor foi fundamental para que a energia e todo o preparo físico fossem preservados para os desafios da montanha mais alta das Américas.

Não foram horas e mais horas de práticas formais e meditação, mas sim ter a atenção plena e consciência de nossa situação em cada momento, ter a atitude de refletir e a intenção de agir de uma nova forma.

E assim seguimos com as práticas de mindfulness em nossos projetos pelas montanhas do Brasil e do mundo, mas também para além delas, incorporando essa maneira de viver em nosso dia a dia de forma natural.

Você também pode desafiar seus limites e inspirar sua alma, e ter atenção plena no esporte e nas atividades que pratica.

Compartilhamos algumas dicas que podem ajudar quem quer iniciar e quem já está praticando:

  1. Gentileza – como nada acontece da noite para o dia, então seja gentil com você mesmo e não se cobre em excesso. Faça um plano de evolução e acredite nele;
  2. Disciplina – para que seu plano tenha sucesso, reserve momentos para estar com você. Seja fiel a ele e se dedique aos treinamentos físicos e mentais;
  3. Propósito – busque um sentido autêntico para você mesmo e esteja conectado com ele em todas as suas atividades sejam esportivas, profissionais, sociais e outras;
  4. Compartilhe – esteja aberto para dividir com as pessoas o seu aprendizado. Esteja perto da pessoas que te inspiram e seja inspiração para elas;
  5. Especialistas – procure ter acompanhamento de profissionais especialistas de saúde, nutrição, preparação físico e mental. Eles são fundamentais para que você esteja preparado para seus desafios de maneira integral;
  6. Celebre mais – saiba sentir a evolução e celebre cada passo dado à frente!

Vamos juntos desafiar os limites e inspirar a alma?

*Andrea Garanovscki de Paula e Ricardo Santucci formam o Casal A+R Extreme Mountain Inspiration, são profissionais de transformação de negócios e atletas amadores praticantes de corrida de montanha (trail running) e montanhismo de altitude (montanhas acima de 5.000 m). Juntos, buscam inspirar a alma desafiando seus limites nas montanhas do Brasil e do mundo, compartilhando suas experiências para motivar e incentivar as pessoas a se superarem e se conectarem com seus propósitos.

www.casalarextreme.com

Instagram, Facebook e YouTube: @casalarextreme

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Marcelo Demarzo é médico especialista em mindfulness (atenção plena), professor e pesquisador na área de medicina, saúde e bem-estar. Ministra cursos e palestras sobre estilo de vida mindful, bem-estar e saúde --expertise desenvolvida em 15 anos como professor e pesquisador em vários hospitais e universidades brasileiras (UNIFESP, USP, Hospital Israelita Albert Einstein) e internacionais (Universidade de Oxford, Universidade de Zaragoza, Harvard University). É autor de livros e estudos científicos relacionados ao tema de mindfulness e qualidade de vida e realiza dezenas de atendimentos individuais e em grupo para disseminar o conceito de mindful living (viver pleno e consciente). É coordenador da Especialização em Mindfulness da UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo).

Sobre o blog

Dicas e reportagens sobre saúde e qualidade de vida, com foco em mindfulness e bem-estar. Um espaço interativo para conversarmos sobre como desenvolver um estilo de vida mais mindful (pleno e consciente), que irá ajudá-lo a lidar melhor com o estresse, algo tão comum na nossa vida atual.

Mindfulness Para o Dia a Dia