PUBLICIDADE

Topo

Mindfulness Para o Dia a Dia

Mindfulness ajuda crianças a controlarem emoções durante a quarentena

Marcelo Demarzo

22/04/2020 08h44

iStock

Praticar mindfulness (atenção plena) é uma das ferramentas para melhorar a concentração, criatividade e regulação de sentimentos difíceis das crianças durante esses tempos complexos de distanciamento social devido ao coronavírus.

Em tempos de isolamento social e incertezas da pandemia de coronavírus, muitos pais e responsáveis precisam se adaptar imediatamente às mudanças de rotina para lidar com as crianças e suas necessidades dentro de casa, incluindo o cuidado geral e as lições escolares.

Mais do que manter os pequenos ocupados, é importante que a preocupação com o bem-estar dos filhos também seja uma prioridade, já que a quarentena ainda não tem prazo para acabar e pode trazer à tona sentimentos de impaciência e estresse (para pais e filhos).

Assim como podemos treinar os músculos e a capacidade aeróbia com a prática esportiva, o controle das emoções também precisa de prática para ser aprimorado, e a prática regular da atenção plena pode ser considerada como uma das bases desse treinamento para a melhor regulação dos sentimentos e emoções, em especial os mais negativos e difíceis como a raiva e o medo.

Não é uma solução instantânea, mas com um pouco de disciplina e dedicação podemos dedicar pequenos períodos durante o dia para a prática e analisar os resultados de curto, médio e longo prazo.

Dessa forma, o treinamento de mindfulness durante a infância pode ajudar a reduzir o estresse, aumentar o bem-estar, promover a aprendizagem adequada e melhorar as relações interpessoais.

Essas habilidades potencialmente também ajudam a preservar o relacionamento entre pais e filhos, em especial nesses momentos de crise, além de criarem modelos positivos para as crianças de como elas podem lidar com situações difíceis, os quais servirão para outras situações desafiadoras semelhantes no futuro.

Prática de Mindfulness

Para dar início ao treinamento, o ideal seria que as crianças participassem junto com os pais de um programa estruturado, com um instrutor certificado para trabalhar com a faixa etária. Entretanto, há algumas técnicas simples que podem ser aplicadas em casa, como, por exemplo, o exercício chamado de "O Som da Respiração".

Nessa prática, a ideia é observar os sons que a respiração faz. As crianças podem imaginar que estão no mar e que a respiração são as ondas, que se aproximam e se afastam da costa.

O convite é para que elas 'possam ouvir seu próprio mar', enquanto respiram. O ideal é que a prática seja feita em um lugar um pouco mais silencioso, e que não se modifique o ritmo natural da respiração da criança. Praticar por 1-2 minutos, algumas vezes ao dia, já podem trazer benefícios interessantes, se feito com regularidade.

O que é mindfulness?

Aproveitando para lembrar que mindfulness é um dos estados da mente, acessível a qualquer indivíduo, que consiste em uma intenção de vivenciar o momento presente, intencionalmente, aceitando a experiência, evitando pré-julgamentos.

Em mindfulness, o sentido correto de aceitação é o de se olhar a realidade como ela realmente é, sem julgá-la ou reagir a ela no "piloto automático". Com a prática regular, o processo torna-se mais natural, sendo possível permanecer nesse estado em uma maior parte do tempo, o que pode aumentar nossa qualidade de vida, melhorando nossas habilidades para lidarmos com o estresse.

Embora muitos dos termos e técnicas tenham origem nas tradições contemplativas, em especial as orientais, mindfulness hoje em dia é considerado uma prática laica (secular, não-religiosa), com sólida base científica.

Vamos praticar? Nesse outro link você encontrará uma playlist completa, na forma de curso introdutório de mindfulness, com práticas simples e acessíveis a qualquer iniciante.

Mande sua pergunta: Se você tem alguma dúvida ou curiosidade sobre mindfulness, atenção plena, ou neurociência do comportamento, por favor me escreva que terei prazer em abordar seu tema em textos futuros: demarzo@unifesp.br

Referência:

Demarzo & Garcia-Campayo. Manual Prático de Mindfulness: curiosidade e aceitação. Editora Palas Athena, 2015.

Para Saber Mais:

www.mindfulnessbrasil.com (Mente Aberta – Centro Brasileiro de Mindfulness e Promoção da Saúde – UNIFESP)

www.webmindfulness.com (WebMindfulness – Grupo de Pesquisa Coordenado pelo Prof. Javier García-Campayo – Universidad de Zaragoza, informações em espanhol)

www.umassmed.edu/cfm (Centro de Meditação "Mindfulness" na Medicina, Universidade de Massachusetts, Estados Unidos, informações em inglês)

Sobre o autor

Marcelo Demarzo é médico especialista em mindfulness (atenção plena), professor e pesquisador na área de medicina, saúde e bem-estar. Ministra cursos e palestras sobre estilo de vida mindful, bem-estar e saúde --expertise desenvolvida em 15 anos como professor e pesquisador em vários hospitais e universidades brasileiras (UNIFESP, USP, Hospital Israelita Albert Einstein) e internacionais (Universidade de Oxford, Universidade de Zaragoza, Harvard University). É autor de livros e estudos científicos relacionados ao tema de mindfulness e qualidade de vida e realiza dezenas de atendimentos individuais e em grupo para disseminar o conceito de mindful living (viver pleno e consciente). É coordenador da Especialização em Mindfulness da UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo).

Sobre o blog

Dicas e reportagens sobre saúde e qualidade de vida, com foco em mindfulness e bem-estar. Um espaço interativo para conversarmos sobre como desenvolver um estilo de vida mais mindful (pleno e consciente), que irá ajudá-lo a lidar melhor com o estresse, algo tão comum na nossa vida atual.