Topo
Mindfulness Para o Dia a Dia

Mindfulness Para o Dia a Dia

Categorias

Histórico

MBSR: o programa que uniu budismo e ciência e levou mindfulness pelo mundo

Marcelo Demarzo

16/01/2018 04h15

Crédito: iStock

Já havia comentado no meu post inicial que o fato que influenciou definitivamente a maneira como entendemos e praticamos mindfulness nos dias de hoje foi a criação do MBSR (Mindfulness-Based Stress Reduction) ou Programa de Redução do Estresse baseado em Mindfulness, por Jon Kabat-Zinn. Kabat-Zinn criou o MBSR no final dos anos 70 dentro do Hospital Geral da Universidade de Massachusetts (EUA), e sua intenção principal era tornar os conceitos e práticas de mindfulness acessíveis a qualquer pessoa, numa linguagem laica e científica, não-religiosa.

Kabat-Zinn era PhD em biologia molecular pelo MIT (Massachusetts Institute of Technology) e juntou sua longa experiência pessoal com o budismo zen e a ioga, com seu background científico, criando um programa estruturado para a prática e ensino de mindfulness. Por ser estruturado e não-religioso e com conteúdo claro e conhecido, o programa atraiu a atenção de pesquisadores mundo afora, gerando um "boom" de estudos científicos sobre mindfulness, com milhares de artigos publicados até o momento –influenciando, também, a criação de diversos outros tipos de programas baseados em mindfulness, como o MBCT (Mindfulness-based Cognitive Therapy).

O que acontece durante um curso de MBSR?

O MBSR, conforme o currículo oficial do Centro de Mindfulness da Universidade de Massachusetts, também criado por Kabat-Zinn, é um curso prático sobre mindfulness que inclui 8 aulas de aproximadamente 2,5 horas (a primeira e a última duram um pouco mais), as quais acontecem ao longo de 8 semanas. Ou seja, uma aula (ou sessão) por semana, precedidas de uma aula introdutória de uma hora na semana 1.

Durante as aulas, eminentemente práticas, são ensinadas as principais técnicas para se treinar a atenção plena, como mindfulness da respiração e do corpo, escaneamento corporal, caminhada com atenção plena, mindful movements (movimentos com atenção plena, baseados em exercícios simples de Ioga), mindfulness dos sons e pensamentos, entre outras. Entre as aulas 6 e 7, acontece um dia mais intenso de práticas, como períodos de silêncio e algumas práticas para desenvolvimento de afeto positivo (práticas de compaixão), o que se chama de "dia de retiro".

Durante todo o curso MBSR, acontecem momentos mais teóricos, nos quais são discutidos os conceitos e atitudes envolvidos na prática de mindfulness. Um aspecto fundamental do curso MBSR é a incorporação das práticas de mindfulness no dia a dia e se espera que, ao final do curso de 8 semanas, o participante esteja acumulando ao redor de 45 minutos diários de prática de atenção plena, na maioria dos dias da semana e, assim, os benefícios de mindfulness irão aflorar naturalmente.

Outro aspecto fundamental são o que chamamos de "práticas informais", ou seja, levar a atenção plena a tudo que fazemos no dia a dia, desde a alimentação até coisas mais prosaicas como escovar os dentes e, principalmente, em nossas relações interpessoais.

Quem pode se beneficiar do MBSR?

Apesar de o programa ter nascido dentro de um hospital, inicialmente com foco em pacientes com dor crônica e ansiedade, qualquer pessoa pode participar de um curso de MBSR e obter seus benefícios. Como o programa tem o objetivo de fornecer ferramentas úteis e práticas para lidarmos com o estresse em geral, qualquer pessoa pode se beneficiar.

Os estudos mais recentes confirmam que participar de um curso MBSR, incorporando regularmente as práticas de mindfulness no cotidiano, melhora o manejo do estresse do dia a dia, diminui sintomas de ansiedade, depressão e insônia e melhora a qualidade de vida em geral, tanto em pessoas sem patologias quanto em pacientes. Vamos praticar?

SUGESTÕES DE LEITURA:

Jon Kabat-Zinn. Some Reflections on the Origins of MBSR, Skillful Means, and the Trouble with Maps. Contribution to Special Issue of Contemporary Buddhism, 2011.

Jon Kabat-Zinn. An outpatient program in behavioral medicine for chronic pain patients based on the practice of mindfulness meditation: theoretical considerations and preliminary results. Gen Hosp Psychiatry, 1982.

PARA SABER MAIS SOBRE MINDFULNESS

www.mindfulnessbrasil.com (Mente Aberta – Centro Brasileiro de Mindfulness e Promoção da Saúde – UNIFESP)

www.webmindfulness.com (WebMindfulness – Grupo de Pesquisa Coordenado pelo Prof. Javier García-Campayo – Universidad de Zaragoza, informações em espanhol)

www.umassmed.edu/cfm (Centro de Meditação "Mindfulness" na Medicina, Universidade de Massachusetts, Estados Unidos, informações em inglês)

 

Sobre o autor

Marcelo Demarzo é médico especialista em mindfulness (atenção plena), professor e pesquisador na área de medicina, saúde e bem-estar. Ministra cursos e palestras sobre estilo de vida mindful, bem-estar e saúde --expertise desenvolvida em 15 anos como professor e pesquisador em vários hospitais e universidades brasileiras (UNIFESP, USP, Hospital Israelita Albert Einstein) e internacionais (Universidade de Oxford, Universidade de Zaragoza, Harvard University). É autor de livros e estudos científicos relacionados ao tema de mindfulness e qualidade de vida e realiza dezenas de atendimentos individuais e em grupo para disseminar o conceito de mindful living (viver pleno e consciente). É coordenador da Especialização em Mindfulness da UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo).

Sobre o blog

Dicas e reportagens sobre saúde e qualidade de vida, com foco em mindfulness e bem-estar. Um espaço interativo para conversarmos sobre como desenvolver um estilo de vida mais mindful (pleno e consciente), que irá ajudá-lo a lidar melhor com o estresse, algo tão comum na nossa vida atual.