menu

Topo
Mindfulness Para o Dia a Dia

Mindfulness Para o Dia a Dia

Categorias

Histórico

Burnout: mindfulness é ferramenta para evitar estresse crônico no trabalho

Marcelo Demarzo

2005-09-20T18:04:00

05/09/2018 04h00

Crédito: iStock

Os exercícios e programas de mindfulness são eficazes para o gerenciamento do estresse em geral, e também para situações especificas, como o estresse crônico relacionado ao trabalho, que chamamos de burnout (esgotamento profissional).

Uma pesquisa recente na Inglaterra mostrou que 81% dos médicos especialistas desejariam se aposentar antes do tempo previsto devido ao estresse relacionado ao trabalho e seus efeitos negativos sobre as relações pessoais, qualidade do sono e saúde física. Aproximadamente 60% dos profissionais de saúde relatam burnout, sendo particularmente vulneráveis à síndrome de esgotamento profissional, que é caracterizada pela exaustão emocional, despersonalização (sensação de estranhamento ou separação consigo mesmo), e falta de realização pessoal.

A exposição ao estresse no trabalho tem impacto negativo não só nos profissionais, mas também nos clientes e/ou pacientes que são atendidos/tratados. Esse impacto negativo advém da diminuição da atenção e concentração, aumento das taxas de erros, dificuldade de se tomar decisões, e redução da capacidade de estabelecer relações sólidas.

Logicamente o estresse laboral não está relacionado apenas aos fatores pessoais dos trabalhadores, mas também às condições de trabalho e do ambiente laboral (esse último aspecto é fundamental, mas não será tratado nesse texto). Do ponto de vista dos profissionais, cada vez são mais importantes as ferramentas e estratégias para o gerenciamento dos níveis de estresse, e aqui que mindfulness tem um papel muito importante.

Por exemplo, o sistema de saúde inglês (NHS) recomenda os programas de mindfulness para a prevenção e gestão de estresse de seus profissionais. No mesmo sentido, programas de gerenciamento de estresse baseados em mindfulness têm sido usados cada vez mais na formação profissional (graduação e pós-graduação).

Os efeitos dos programas de mindfulness para profissionais são amplos, e confirmados por estudos científicos: diminuição de sintomas de ansiedade, depressão e burnout, diminuição do absenteísmo (em especial das faltas no trabalho relacionadas ao estresse e suas consequências), melhora da empatia e da comunicação com colegas e clientes, e melhora da qualidade de vida e bem-estar em geral. Além desses efeitos relacionados à saúde, há também efeitos relacionados à atividade laboral, como aumento da criatividade e melhora da performance e aspectos de liderança.

Para quem ainda está começando a ter interesse no tema e nas práticas de mindfulness, um exercício simples é a prática de 3 passos ou 3 minutos de mindfulness. Ela pode ser usada ao longo do dia para se treinar a habilidade de pequenas pausas de consciência durante o dia, como também em momentos mais desafiadores como reuniões ou conversas difíceis com colegas de trabalho.

Vamos praticar?

CONVITE: Apoie a implementação de "Mindfulness (Atenção Plena) como Política Pública na Saúde e Educação" no Brasil. Clique aqui e apoie essa ideia legislativa para ser debatida pelo Senado Brasileiro.

Referência:

Garcia-Campayo & Demarzo. ¿Que sabemos de Mindfulness? Kairós Editorial, 2018.

Para saber mais:

www.mindfulnessbrasil.com (Mente Aberta – Centro Brasileiro de Mindfulness e Promoção da Saúde – UNIFESP)

www.webmindfulness.com (WebMindfulness – Grupo de Pesquisa Coordenado pelo Prof. Javier García-Campayo – Universidad de Zaragoza, informações em espanhol)

www.umassmed.edu/cfm (Centro de Meditação "Mindfulness" na Medicina, Universidade de Massachusetts, Estados Unidos, informações em inglês)

 

Sobre o Autor

Marcelo Demarzo é médico especialista em mindfulness (atenção plena), professor e pesquisador na área de medicina, saúde e bem-estar. Ministra cursos e palestras sobre estilo de vida mindful, bem-estar e saúde --expertise desenvolvida em 15 anos como professor e pesquisador em vários hospitais e universidades brasileiras (UNIFESP, USP, Hospital Israelita Albert Einstein) e internacionais (Universidade de Oxford, Universidade de Zaragoza, Harvard University). É autor de livros e estudos científicos relacionados ao tema de mindfulness e qualidade de vida e realiza dezenas de atendimentos individuais e em grupo para disseminar o conceito de mindful living (viver pleno e consciente). É coordenador da Especialização em Mindfulness da UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo).

Sobre o Blog

Dicas e reportagens sobre saúde e qualidade de vida, com foco em mindfulness e bem-estar. Um espaço interativo para conversarmos sobre como desenvolver um estilo de vida mais mindful (pleno e consciente), que irá ajudá-lo a lidar melhor com o estresse, algo tão comum na nossa vida atual.