Topo
Mindfulness Para o Dia a Dia

Mindfulness Para o Dia a Dia

Categorias

Histórico

Mindfulness ajuda dependentes de álcool ou drogas a lidar com a fissura

Marcelo Demarzo

11/09/2019 04h00

Crédito: iStock

A incorporação de mindfulness nos tratamentos para dependência de álcool e outras drogas ajuda as pessoas a lidarem melhor com as fissuras e com o risco de recaída

Existe uma relação inversa entre a prática regular da atenção plena (saiba mais sobre o que é mindfulness) e os comportamentos de abuso ou dependência de substâncias como álcool, tabaco e maconha.

Pessoas que passam por treinamento em mindfulness têm efeitos positivos na redução da frequência e da gravidade do abuso de álcool e outras drogas, como também da intensidade do anseio agudo, muitas vezes quase incontrolável, pelo uso da substância, que chamamos de fissura.

Em especial, existem pesquisas bem elaboradas mostrando que o treinamento em atenção plena é bastante eficaz para ajudar a parar de fumar, sendo particularmente efetivo quando realizado na fase de manutenção do tratamento, para evitar recaídas.

Conheça um programa de treinamento em mindfulness específico para a dependência de substâncias

O Programa conhecido como MBRP (Mindfulness-based Relapse Prevention), assim como os outros programas de mindfulness (conheça o programa original chamado MBSR) também é composto por oito sessões, ao longo de 2 meses. O protocolo foi desenvolvido por um dos "papas" das pesquisas e das intervenções psicológicas sobre a dependência de substâncias, o americano Alan Marlatt.

O objetivo do programa é ajudar os pacientes a reconhecerem situações de alto risco de consumo abusivo de álcool e outras drogas, e a se prepararem melhor para lidarem com elas.

A inclusão de mindfulness neste programa se deve ao fato de ser uma abordagem mais compassiva em relação ao problema, enfatizando a aceitação em vez de culpa e vergonha.

O treinamento em mindfulness serve então para que as pessoas com dependência possam observar as experiências com as drogas de modo mais consciente e sem excesso de autocrítica, que em geral piora a situação, e gera mais dependência e recaídas. A pessoa fica mais consciente de seus estados emocionais e fisiológicos, dando-lhe condições de identificar os estados internos que disparam a fissura e as recaídas.

No Brasil, existe um centro de pesquisa e formação dedicado a esse protocolo dentro da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), o MBRP Brasil (conheça o Centro MBRP Brasil).

Vamos praticar?

Mande sua pergunta: Se você tem alguma dúvida ou curiosidade sobre mindfulness, atenção plena, ou neurociência do comportamento, por favor me escreva que terei prazer em abordar seu tema em textos futuros: demarzo@unifesp.br

Referência:

Garcia-Campayo & Demarzo ¿Qué sabemos del mindfulness? Editoral Kairós, 2018.

Para Saber Mais:

www.mindfulnessbrasil.com (Mente Aberta – Centro Brasileiro de Mindfulness e Promoção da Saúde – UNIFESP)

www.goamra.org (American Mindfulness Research Association, Estados Unidos, informações em inglês)

www.umassmed.edu/cfm (Centro de Meditação "Mindfulness" na Medicina, Universidade de Massachusetts, Estados Unidos, informações em inglês)

Sobre o autor

Marcelo Demarzo é médico especialista em mindfulness (atenção plena), professor e pesquisador na área de medicina, saúde e bem-estar. Ministra cursos e palestras sobre estilo de vida mindful, bem-estar e saúde --expertise desenvolvida em 15 anos como professor e pesquisador em vários hospitais e universidades brasileiras (UNIFESP, USP, Hospital Israelita Albert Einstein) e internacionais (Universidade de Oxford, Universidade de Zaragoza, Harvard University). É autor de livros e estudos científicos relacionados ao tema de mindfulness e qualidade de vida e realiza dezenas de atendimentos individuais e em grupo para disseminar o conceito de mindful living (viver pleno e consciente). É coordenador da Especialização em Mindfulness da UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo).

Sobre o blog

Dicas e reportagens sobre saúde e qualidade de vida, com foco em mindfulness e bem-estar. Um espaço interativo para conversarmos sobre como desenvolver um estilo de vida mais mindful (pleno e consciente), que irá ajudá-lo a lidar melhor com o estresse, algo tão comum na nossa vida atual.